Como fazer óleo de coco em casa – Aprenda 3 formas fáceis!

0
411

Como você já leu aqui no blog, no post sobre benefícios e usos do óleo de coco, este poderoso produto natural que pode oferecer uma série de efeitos benéficos ao corpo, desde os cuidados com a beleza da pele e cabelos até a proteção da saúde, combatendo enfermidades como colesterol alto, diabetes, problemas digestivos e até a obesidade.

O óleo de coco é usado até mesmo para perder peso e colocar a silhueta em forma! No entanto, existem diferentes versões dele sendo vendidas atualmente no mercado de produtos naturais, dentre elas a refinada, fracionada, hidrogenada e virgem. Esta última é considerada, de longe, a mais saudável e benéfica à saúde, seja para fins cosméticos ou simplesmente para ser consumido na cozinha.

Isso porque o óleo de coco virgem é produzido de forma natural, sem a intervenção de outros produtos químicos, como acontece nos demais tipos, o que o torna ideal para cuidar da saúde e beleza ao mesmo tempo, podendo ser utilizado tanto no preparo de alimentos quanto de forma tópica na pele e cabelos.

1 – Receita de como fazer óleo de coco por fermentação

Você vai precisar de dois ou três cocos para fazê-lo usando este método. Para começar, retire as cascas dos três frutos, deixando a água presente neles em um recipiente separado.

Em seguida, rale a “carne” dos cocos e coloque os pedaços dentro de um pano de prato. Aperte o pano com bastante força, pressionando bem até extrair o leite do coco. Feito isso, mergulhe o pano na água de coco que está separada no outro recipiente e volte a pressionar ainda mais forte para extrair mais leite.

Misture o restante da água de coco que sobrou com o leite de coco que conseguiu extrair e reserve em um frasco de vidro. Deixe o recipiente em temperatura ambiente durante um dia e perceberá que o óleo de coco vai aparecer flutuando por cima da água de coco. Por cima dele, estará uma camada branca de proteína.

Neste caso, você deverá fazer o processo de filtragem do óleo (que terá aspecto incolor ou amarelo pálido). Pegue uma seringa para tentar retirar o óleo e colocá-lo em um novo recipiente. Se não tiver uma seringa, você pode optar por fazer a separação manualmente.

2 – Receita de como fazer óleo de coco por fervura

Da mesma forma que ensinamos acima, você vai precisar de dois ou três cocos para fazer o óleo usando este método. Para começar, retire as cascas dos três frutos, deixando a água presente neles em um recipiente separado.

Em seguida, rale a “carne” dos cocos e coloque os pedaços dentro de um pano de prato. Aperte o pano com bastante força, pressionando bem até extrair o leite do coco. Feito isso, mergulhe o pano na água de coco que está separada no outro recipiente e volte a pressionar ainda mais forte para extrair mais leite.

Misture o restante da água de coco que sobrou com o leite de coco que conseguiu extrair e reserve. Em seguida, leve a mistura para ferver em uma panela em fogo baixo. Vá mexendo sem parar para evitar que o leite de coco queime. Em poucos minutos, você vai notar que o leite se tornará mais espesso enquanto cozinha e, posteriormente, o óleo de coco logo aparecerá separado da mistura.

A água de coco deverá evaporar, restando apenas o óleo e um tipo de “mingau” na panela. Deixe-os cozinhando por mais alguns segundos e desligue o fogo. Espere até o óleo de coco esfriar e coloque-o em um frasco de vidro seco e limpo.

3 – Receita de como fazer óleo de coco por compressão fria

Para começar, retire as cascas de dois ou três cocos e pique a “carne” dos frutos em pequenos pedaços. Em seguida, leve-os para torrar em uma panela no fogão ou em um forno (neste caso, coloque-os em uma assadeira e deixe assar em forno baixo por cerca de 8 horas). Retire os pedaços de lá apenas quando eles atingirem a coloração dourada. Você também pode fazer isso usando um desidratador.

O próximo passo é processar os pedaços de coco em um espremedor para extrair o óleo. Coloque-os em pequenas quantidades no espremedor para evitar que o aparelho entupa. Você verá que o processador retirará o óleo e o creme das fibras secas. Separe o óleo em um recipiente e as fibras secas em outro.

Depois de passar todos os pedaços de coco no espremedor, repita o procedimento com as fibras secas que restaram mais uma vez até retirar delas ainda mais óleo. Feito isso, coloque o óleo de coco que foi extraído junto com o creme das fibras secas em um frasco de vidro e reserve por um dia debaixo do sol ou em um ambiente quente.

Depois desse período, você verá que o óleo de coco subiu à superfície do frasco, deixando o creme das fibras secas no fundo do recipiente. Agora, basta retirá-lo do local com a ajuda de uma colher (uma vez que ele estará sólido) e passar para outro recipiente.

Dicas importantes

  • Seja qual for o método que você usar para extrair o óleo de coco, você só poderá armazená-lo e utilizá-lo para cozinhar ou para manter a beleza da pele e cabelos por cerca de 3 meses. Passado esse tempo, o produto estará vencido e terá perdido todas as suas propriedades nutricionais.
  • O método mais recomendado para fazer o óleo de coco caseiro é a compressão a frio, uma vez que o fruto não é submetido ao calor e, portanto, mantém as suas propriedades nutricionais e antioxidantes.
  • Os cocos utilizados para produzir o óleo devem estar completamente maduros, pois neste caso é mais fácil a sua extração. Para saber se um coco está maduro, basta avaliar a sua casca. Quando mais escura a coloração marrom, mais maduro ele estará. Já os cocos não-maduros costumam ser verdes e pequenos, não sendo muito indicados para fazer o óleo de coco em casa.
  • Caso você note a presença de umidade (líquidos) no óleo de coco após produzi-lo por qualquer um dos métodos que ensinamos acima, basta colocá-lo no sol por alguns dias para resolver o problema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.