Bizarro: Ele passou 7 anos fazendo procedimentos para ser um ornitorrinco

0
285

Em um mundo onde a modificação corporal não conhece limites, é humanamente possível transformar-se em qualquer coisa, e Jenya Bolotov é o exemplo vivo mais extremo disso. O russo de 26 anos passou os últimos sete anos alterando seu corpo – o que envolveu principalmente o alongamento de suas características faciais – para permitir que ele vivesse seu sonho de parecer e se “sentir” como um ornitorrinco humano porque, bem… sabe-se lá porque.

O designer de 26 anos esticou os lóbulos da orelha, narinas e o septo, bem como ambos os lábios – em mais de nove centímetros combinados – para imitar o bico distintivo de seu animal favorito.

Além disso, ele é a única pessoa no mundo a ter a maior ponte do nariz (ou surna) esticada para autenticar ainda mais sua aparência de ornitorrinco. Explicando seus motivos para se chegar a medidas tão extremas para alcançar seu visual desejado, ele disse: “Eu adoro o ornitorrinco – a maneira como eles olham e até mesmo a palavra ‘ornitorrinco’. Eu gosto do jeito que meu rosto é esticado.

“Todas as modificações que adicionei ao meu corpo me fazem sentir inteiro. Isto é o que sou agora. É o que eu sempre quis ser”. Mas, apesar disso, Jenya não tem planos de parar, prometendo continuar modificando seu corpo até ficar feliz. Ele explicou: “Eu esticaria o rosto e os lábios um pouco de cada vez e continuaria. Não há limite.”

“Levou-me anos para chegar onde estou e agora sinto que finalmente pertenço a este mundo. Externamente, agora sou um ornitorrinco. No interior, eu sou mais como um pássaro. Eles são meus animais espirituais e eles vêm até mim nos meus sonhos”.

Os lábios de Jenya agora estão permanentemente esticados para um tamanho combinado de 91mm, mas ele insiste que isso não interfere no seu cotidiano, dizendo: “Eu posso comer, falar e falar ao telefone como todos os outros. Nada mudou.”

Todavia, apesar do fato de ele se sentir “completo” com todas as modificações que ele fez, ele diz que seu rosto atrai “muita atenção negativa”. Os comentários criticando sua aparência de forma prejudicial ao caminhar pela rua são comuns, diz ele.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.